Páginas

Belo Desastre - Jamie McGuire

31 de julho de 2018

Título:  Belo Desastre
Autor: Jamie McGuire
Páginas: 392
Ano: 2012
Editora: Verus
Gênero: Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse:
Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Resenha:

Oi amoooores! Tudo bem ? Espero que sim! Hoje vou falar de um livro que eu suuuuper adoro! Li um pouco depois do lançamento, afinal vi várias postagens no Facebook sobre ele. Como todo mundo estava dizendo que o livro era tuuuudo de bom, maravilhoso e tudo mais, fiquei com medo de ler e odiar, ainda bem que não foi o que aconteceu! Então, vamos pra resenha!



O livro é narrado por Abby, que está naquela época boa da vida( ao menos no livros e nos EUA.) em que a faculdade é a única coisa a se fazer. Abby é estudiosa, inteligente, responsável. Ela estuda na Eastern e acaba indo ver um luta, sim uma luta! Ela vai com sua melhor amiga America( que namora o primo de Travis, Shepley) , mas acaba acontecendo uma baita confusão e é assim que ela conhece Travis e  é evidente que ele já fica doido por ela.



“- Você não faz o tipo dela – America disse, mudando de estratégia.
Travis se fez de ofendido.
- Eu faço o tipo de todas!”.
Travis é o típico badboy que as mulheres brigam e vão atrás como doidas. Ele, infelizmente, as trata como se fossem descartáveis, e claro ele tem uma personalidade explosiva e adora se meter em confusão e sair dando socos pra todo lado.
Abby é bem pé no chão, é sensata, e sabe muito bem que se envolver com Travis é sinônimo de problema. Acontece que Abby perde uma aposta para Travis e para pagar, precisa passar um mês no apartamento dele.
O apelido de Travis é "Cachorro Louco", afinal ele luta super bem e como eu disse, tem uma personalidade explosiva, ele vem de uma grande família com cinco irmãos e o vislumbre que temos da interação dele com a família é maravilhoso. Bom, apesar de Abby estar " morando" com Travis, ela começa a sair com outra pessoa, o que deixa Travis bem maluco. Não é segredo para ninguém da faculdade que ele tem uma queda pela " Beija-Flor", como ele carinhosamente chama Abby.
No fim das contas, Abby acaba se rendendo e começa um relacionamento com Travis, relacionamento esse, bem conturbado. Travis é ciumento, intenso e controlador e Abby não aceita as " merdas" dele e sempre se impõe. 
"Eu sei que a gente tem problemas, tá? Sou impulsivo, esquentado, e você me faz perder a cabeça como ninguém. Num minuto você age como se me odiasse, e no seguinte como se precisasse de mim. Eu nunca faço nada direito, eu não te mereço... Mas, porra, Abby, eu te amo. Eu te amo mais do que jamais amei alguém ou alguma coisa em toda a minha vida. Quando você esta por perto, não preciso de bebida, nem de dinheiro, nem de luta, nem de transas sem compromisso... Eu só preciso de você. Eu só penso em você. Eu só sonho com você. Eu só quero você. "
Em alguns momentos, eu quis esganar a Abby, e depois fazer a mesma coisa com Travis, os dois são bem imaturos e precisam aprender a confiar um no outro, os dois têm uma personalidade forte e aos poucos vão aprendendo a se relacionar. A história cativa e deixa o leitor super curioso, o amor entre os dois apesar de conturbado é muito bonito e eles se apoiam e querem ficar juntos ultrapassando todas as barreiras.
Super Recomendo !
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos :*

9 comentários

  1. Olá Yohanna!
    Adoro encontrar nas leituras personagens de temperamento forte, parece que o enredo fica melhor ainda, pq trazem aquela sensação de quero mais disso e a gte se conecta com a história, qro mto elr esse livro, ainda não surgiu oportunidade mas espero que em breve eu consiga conhecê-lo..
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ah, este livro!!! É amorzinho demais!
    Acabei lendo ele também pouco depois do seu lançamento e até hoje ainda vibro com essa historinha de amor boba entre Abby e Travis, conhecido mais popularmente, como Travis "Lindo".
    Mesmo soando como clichê do começo ao fim, a autora conseguiu narrar toda a história de uma forma que te prende. Não há como não torcer, se emocionar e sim, sentir raivinha de ambos os personagens durante todo o livro.
    Mas vale super a pena a leitura!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Yohanna.
    Já li esse livro e não curti tanto.
    O relacionamento deles não é nada normal. Travis é imaturo, ciumento e faz tanta coisa errada e ainda espera ser perdoado.
    Sim, a narrativa é super fluida, mas para mim, a história não funcionou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiiii Yohanna!
    Li este livro faz mais de um ano, estava a bastante tempo " parado" na minha estante e sempre tive a maior curiosidade de ler algo da autora. Confesso que por ter 26 anos, a história acabava me irritando um pouco pela personalidade dos personagens, e da forma como Travis tratava ela. Achava ambos imaturos demais, o que acabou me fazendo nem dar continuidade com a série.

    ResponderExcluir
  5. Oi Hanna,
    Estou com a série na prateleira, e muito curiosa para ler.
    Travis já me ganhou, adoro esse jeito Bady boy dele, e ver que os dois precisaram evoluir juntos para esse relacionamento funcionar é ainda melhor!
    Não dá para negar que esse primeiro livro tem um enredo bem clichê, faculdade, mocinho caindo pela mocinha, ah, tudo que amo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi mana, faz 84 anos que li esse livro e como você eu li logo depois que lançou e passamos pela fase em que ele era citado em todo o blog literário possível, eu lembro que tenho um caso de amor e ódio com esse livro afinal esse casal no momento que eu quero pegar no colo eles eu também queria bater na cabeça deles, mas eu deixei de lado porque nesse idade o povo é meio louco mesmo. Nunca vou esquecer desse livro afinal foi uma das minhas primeiras leituras e me levou pro mundo dos livros.

    ResponderExcluir
  7. Yohanna!
    Foi o único livro que li dessa série e gostei muito do Travis Maddoc, um crush, não é?
    Realmente a Abby é um tanto chatinha, mas depois cai na real.
    Leitura bem recomendada mesmo.
    Que a semana seja abençoada!
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes..” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Olá! Ahhhhh que esse livro é bem amorzinho mesmo. Apesar da imaturidade desses dois (eles são novinhos neh), dá para perceber que eles realmente se amam. Travis é tudo de bom e sua família não fica para trás não.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Já ouvi fala muito dessa serie desse livro e estou bem curiosa por conhecer, a historia é bem interessante, uma premissa ótima..Quero ter a oportunidade de ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir