Corte de Névoa e Fúria (Corte de Espinhos e Rosas #2) - Sarah J. Maas

8 de fevereiro de 2018

Título: Corte de Névoa e Fúria
Autor:  Sarah J. Maas
Páginas: 658
Ano: 2016
Editora: Galera Record
Gênero: Fantasia / Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon Livro #2 | Box Amazon
Nota: 
Sinopse:
O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

Resenha:
"Era mais fácil não precisar explicar mesmo. Não precisar contar a ele que, embora eu o tivesse libertado, salvado seu povo e toda Prythian de Amarantha... tinha me destruído.E achava que nem mesmo a eternidade seria tempo suficiente para me consertar."

Hey pessoal! Como estão ?
Estou aqui ... Olhando para o nada ... e tentando saber como é que eu vou fazer essa resenha, sem dar mil spoilers. Se você está aqui lendo essa resenha sabe da doideira que foi o primeiro livro certo ? Se você não leu, prepare-se para ser bombardeado com spoilers! SIM, eu sou dessas!

Pois então, eu disse lá na primeira resenha ( Corte de Espinhos e Rosas), que eu não ia com a cara de Tamlin, não consigo gostar dele, ele não parece... real, não consegui sentir que ele de fato amava Feyre. Isso só ficou mais claro nesse segundo livro, onde Tamlin não percebia o quanto Feyre estava triste, o quanto aqueles três meses a mudaram. Ele a pede em casamento e ela acaba aceitando, porque é uma burra. Mesmo sabendo que não está feliz e que não está sabendo lidar com tudo que teve que passar.

Então alguns meses depois, no dia de seu casamento, Rhysand resolve aparecer!
Sim, ele é maravilhoso meeeesmo! E o que ele faz? Acaba com a cerimônia ( Feyre arrega no meio do caminho e Rhys vai salvá-la) , e some com ela antes que Tamlin possa sequer piscar.

O bem. Eu não era boa. Eu não era nada, e minha alma, minha alma eterna, estava condenada...
Tentei fazer com que meus pulmões traidores inspirassem, para que eu conseguisse dizer a palavra. Não... não.Mas não precisei dizer.
Trovão ressoou atrás de mim, como se duas pedras tivessem sido chocadas uma contra a outra.
Pessoas gritaram, caindo para trás, e algumas desapareceram imediatamente quando a escuridão irrompeu.
Eu me virei e, em meio à noite que flutuava como fumaça ao vento, encontrei Rhysand ajeitando as lapelas de seu casaco preto.
— Oi, Feyre, querida — ronronou Rhysand.

Rhys está mais impossível do que nunca nesse livro, sempre com esse seu jeito irônico e despreocupado de ser. Me diverti horrores! Bom, Rhys passa uma semana com Feyre na corte Noturna, e Feyre percebe que apesar de tudo, Rhys pode ser outra pessoa, que aquele homem que ela tanto odiou, pode ter algo bom. Rhys ajuda Feyre, à sua maneira meio torta, mas ajuda. Por exemplo, ele a apoia nessa questão de conseguir ler melhor.
Eu me senti como se estivesse dormindo havia um ano, dentro de um caixão de vidro, e Rhys tivesse acabado de quebrar esse caixão e me sacudido até que eu recobrasse a consciência.
O Grão-Senhor cujo poder não tinha me assustado. Cuja ira não tinha me destruído.
E agora... agora eu não sabia onde tudo isso me deixava.
Submersa até os joelhos em problemas parecia um bom lugar para começar.


Tamlin acaba com tudo de vez quando faz algo que não deveria com Feyre, aí sim ela acorda e fica de vez na Corte Noturna. Deixando para traz Tamlin e toda a Corte Primaveril. Com Rhys Feyre volta a vida. Com ele , ela acaba percebendo o quanto está quebrada e que existem dias bons e ruins, e que tudo o que ela passou com Amarantha ficará para sempre em sua memória, mas ela precisa aprender a viver com isso. Ela acaba descobrindo também que sua transformação é bem mais do que parece e começa a aprender a lidar com sua magia. Rhys, lógico a ajuda todo o tempo e sempre a leva ao limite.
Conhecemos novos personagens : Mor, Cassian, Azriel e Amren. Cada um tem sua peculiaridade e sua personalidade, alguns mais calmos e calados, outros tão perigosos. Mas algo não muda, é a amizade e o amor entre eles. A cumplicidade que sempre existe, independente de qualquer coisa.

Esqueceu dessa força e de que pode queimar e se tornar escuridão e criar garras. Você esqueceu. Você parou de lutar.

Bom, para terminar, Feyre precisa se encontrar, mas precisa principalmente curar sua alma, que está muito machucada. Descobrimos quem Rhys é de fato, quem ele é quando ninguém está olhando e é uma delícia ler tudo isso, foi maravilhoso acompanhar  em cada página a mudança entre eles. O quanto Rhys luta por Feyre, mesmo quando nem ela tem mais forças para lutar.
Terminei a leitura com vontade de recomeçar! Se ainda não leu, corre porque essa trilogia é PERFEITA!

RECOMENDO DEMAIS!
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos :*


4 comentários

  1. Já posso pirar?
    Eu morro de vontade de ler obras da autora, qdo me deparo com uma resenha linda dessa a vontade só aumenta, o enredo desde que comecei acompanhar me agradou mto, espero mto conseguir ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá Yohanna,
    Eu tenho o box da trilogia, mas por falta de tempo ainda não consegui ler :(
    Não vou ler a sua resenha pq o primeiro livro está no topo da minha lista pra ler e não quero estragar a leitura por causa do aviso de spoilers

    ResponderExcluir
  3. Oi Yohanna!
    No começo não me interessei pelos livros, até começar a acompanhar o sucesso que a trilogia teve com os blogueiros. Por gostar de fantasia a história claro que já me cativou, e fico ainda mais ansiosa para ler sabendo que a força feminina é destaque na história. Estou doida para conhecer a escrita da Sarah, realmente parece um misto de emoções!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Olá querida, tudo bem? Faço parte daquelas perdidas que ainda esta bem por fora da série, apesar de já ter o primeiro livro na estante, estou super curiosa para realizar a leitura, e creio que logo irei começar. Dei uma passada de olho na tua resenha e tua animação somente me deixa ainda mais interessada!

    ResponderExcluir