Páginas

Amante Revelado (Irmandade da Adaga Negra #4) - J. R. Ward

14 de agosto de 2018

Título:  Amante Revelado
Autor: J. R. Ward
Páginas: 496
Ano: 2010
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico / Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse:
Butch O’Neal é um lutador por natureza. Ex-policial da divisão de homicídios, durão, ele é o único humano que já foi admitido no círculo da Irmandade da Adaga Negra e deseja mergulhar ainda mais fundo no mundo dos vampiros, na guerra contra os redutores. Não tem nada a perder. Seu coração pertence a uma vampira, uma beldade aristocrática inatingível para ele. Se não pode ter Marissa, então, pelo menos, quer lutar lado a lado com os Irmãos.
O destino o amaldiçoa realizando precisamente o seu desejo. Quando Butch se sacrifica para salvar um vampiro dos assassinos, cai vítima da força mais sinistra dessa guerra. Deixado para morrer, é encontrado por um milagre, e a Irmandade recorre a Marissa para trazê-lo de volta. Mas mesmo o seu amor pode não ser suficiente para salvá-lo...

Resenha:


Uma profecia antiga diz que um guerreiro surgiria para acabar de vez com Ômega.

"Haverá alguém que será o fim do mestre,Um guerreiro da era moderna encontrado no sétimo do vigésimo primeiro,E será reconhecido pelos números que carrega:Percebe uma a mais do que a bússola indica,Embora só consiga apontar quatro pontos com a direita,Três vidas tem,Dois sinais na frente,E com um único olho negro, em uma fonte ele nascerá e morrerá."



E aí amoreees, tudo bom com vocês ? Mais IAN... são vários livros, um dia a gente termina de resenhar tudo, oremos!

Bom, desde o primeiro livro, conhecemos "o tira", que acaba salvando Beth, levando-a para Wrath ajudá-la na transição. Por conta disso o rei acaba o deixando permanecer vivo. Então, Butch acaba começando a viver com a Irmandade, se torna amigo de todos os irmãos.
“Estou tão farto de escutar isso. Fora!”Houve um ruído metálico, uma arma sendo recarregada. A voz de Butch: “Oh, droga…”. Então, foi um pandemônio. Disparos, grunhidos, pancadas surdas. V. saltou de trás da mesa tão rápido que derrubou a cadeira. Só para se dar conta de que estava preso em casa pela luz do dia.
A história de Butch e Marissa começou lá no primeiro livro, desde que viu Marissa, Butch se sentiu atraído por ela. Marissa é uma vampira muito doce e vive de acordo com o que a glymera acha correto, mas ao ser rejeitada pelo rei, ela não se encaixa mais na sociedade civil.
Marissa acha que foi rejeitada pelo rei, pois não é boa o suficiente, o que não é o caso. Wrath simplesmente não se sentia atraído por ela, e ao encontrar Beth, as coisas mudaram. Isso torna Marissa uma vampira bem insegura, aos poucos ela acaba percebendo que : precisa ser independente, forte.
Novos personagens começam a entrar na trama, uma delas é Xhex, que eu simplesmente amo, no livro dela direi o porque, ela é chefe da segurança do Zero Sun, a boate que os irmãos frequentam. O Reverendo é o dono da Zero Sun, e é também irmão de Bella, mais conhecido como Rev.
Bom, Butch acaba sendo levado por redutores no início do livro, e quando está quase morrendo, o Ômega aparece, fazendo Butch desejar a morte.
V faz de tudo para encontrar Butch e acaba demonstrando gostar do tira além da amizade, quando encontra Bucth vê que Ômega deixou algo no tira. Essência de redutor, aí o tira agora é meio humano... meioo redutor... uma loucura, mas ele não quer matar os irmãos, na verdade agora ele sabe exatamente onde encontrar os redutores! E claro, Bucth sendo o Butch, vira um rastreador de redutores ambulante, e ainda tem um jeitinho super maneiro de dar fim nesses safados!

–Butch, companheiro, quero que respire fundo, e depois aguente firme.
–Cuidado, guerreiro. V. se virou, atônito. Bem atrás dele, flutuando sobre a terra, estava a Virgem Escriba. Como sempre, era puro poder, sua veste negra imóvel, apesar do vento, o rosto oculto, a voz límpida como o ar da noite. Vishous abriu a boca, mas ela o interrompeu.
–Antes que ultrapasse os seus limites e ouse me indagar, eu lhe digo: não, não posso ajudá-lo diretamente. Essa é uma situação da qual devo me manter afastada. Entretanto, ouça. Seria sábio desvelar a maldição que abomina. Lidar com o que está dentro do humano deixará você mais próximo da morte do que jamais esteve. E ninguém mais pode remover o que ali está, exceto você –sorriu de leve, como se lesse os pensamentos de Vishous.
–Sim, o momento atual é parte da razão pela qual você sonhou com ele no princípio. Mas, há ainda outro motivo, que você irá conhecer oportunamente.
–Ele sobreviverá?
–Mãos à obra, guerreiro –disse-lhe com severidade. –Fará mais por ele agindo do que me ofendendo. V. inclinou-se sobre Butch, com movimentos rápidos, deslizando a faca sobre o ventre do policial. Um gemido escapou dos lábios rachados do homem, quando o corte foi produzido.
 –Santo Deus –havia algo negro alojado em sua carne. A voz da Virgem Escriba soava mais próxima agora, como se ela estivesse bem sobre o ombro de Vishous.


Existe uma profecia, que haverá alguém capaz de acabar de vez com os redutores, pois quando os irmãos os matam, eles retornam ao Ômega, mas ao morrer pelas mãos de " Destroyer", eles finalmente deixam de ser parte de Ômega, e aos poucos, não restará nada dele. V é fundamental para que o " Destroyer" tenha sucesso em sua jornada, aquela mão dele que deixa tudo em cinzas acaba por ser incrivelmente mais útil.
Butch e Marissa se reencontram no hospital do irmão dela, quando o tira precisa ficar por lá para melhor dos ferimentos causados pelos redutores. É aí que a história dos dois finalmente se desenrola. Marissa é uma personagem que irrita, de várias maneiras, como eu disse, ela é insegura e boba, mas no fim das contas, acaba amadurecendo e o ódio por ela por fim acaba.  A amizade entre V e Butch é muito linda, eles têm um laço muito forte e que se fortalece ainda mais. Temos uma grande surpresa, Bucth acaba se tornando " algo", que nã direi para não dar spoiler.

Butch olhou dentro dos olhos azuis de sua shellan e disse: – A escuridão nunca vai tomar conta de mim… porque eu tenho você. Luz da minha vida, Marissa. É o que você é.

Bom, os livros da Irmandade são bem complexos, existem várias coisas acontecendo ao mesmo tempo, a gente fica até meio pirada. J.R.Ward, diva, dona do babado, como sempre nos presenteia com uma narrativa cheia de aventura, açao, amizade, superação e amor!
– É por isso que você não foi consumido – ela disse. – E por isso que ele o percebeu desde o começo. – Ela sorriu brevemente, apesar de Butch não entender como ela sabia. – É por isso que o destino trouxe você a nós, Butch, descendente de Wrath, filho de Wrath.
Não deixem de conferir! 

Beijooooooooooooooooocas e logo logo volto com mais Irmandade !

4 comentários

  1. Acabei de comentar na resenha do terceiro livro e coloquei quarto.rs
    Como disse lá, como só tenho o primeiro livro da saga da Irmandade, fico enrolando para começar, pois sei que será um caminho sem volta, já que a autora além de ter construído uma saga enorme, conseguiu inovar a cada novo livro e com isso, deixar os leitores agoniados com cada livro lançado.
    Espero começar em breve, preciso só dos demais livros.rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Yohanna!
    Mais um livro da série que já entrou para os meus desejados...As capas são lindas e me prenderam atenção.
    O enredo fica cada vez melhor parece, o que so aumenta minha vontade de conhecer.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eita que essas resenhas, só aumentam ainda mais a minha vontade de começar essa série. Que bom que a nossa mocinha de chata e boba passa a ser forte e amadurece. Gosto assim, quando a história traz vários acontecimentos, afinal não tem como esfriar durante a leitura né.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Cada vez mais fico mais curiosa pela historia e ainda mais pela continuação e querendo saber como terminara toda trama.. Adorei o livro, gosto quando novos personagens entra em ação.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir