Amante Eterno (Irmandade da Adaga Negra # 2) - J. R. Ward

8 de agosto de 2018

Título:  Amante Eterno
Autor: J. R. Ward
Páginas: 448
Ano: 2010
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico / Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça.
Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.
Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está em busca de amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. Enquanto os inimigos fecham o cerco, ela luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...
Resenha:

O efeito que tinha sobre ele era como uma droga, uma irresistível combinação de desejo sexual e profunda paz. Como se estivesse tendo um orgasmo e caísse em um sono plácido ao mesmo tempo. Jamais sentira algo assim.

E aí amooores! Tudo bom com vocês ? Voltei com mais resenha da Irmandade! YAY. Já disse que eu amo esses machos de valor certo ? Então, nesse segundo volume, iremos conhecer o incrível, o maravilhoso, super quente e sexy Rhage!
Rhage foi amaldiçoado pela Virgem Escriba, que no começo a gente pensa que é um ser divino, imagina que ela, como a mãe da raça, tem o coração bom e cheio de amor, não se enganem com ela! No decorrer dos livros é possível que você crie raiva dela, ou não, eu tenho aquele ranço sabe ? Que as vezes some, quando ela resolve ser gente boa ( isso bem lá na frente!).
Pois bem, Rhage tem essa besta dentro dele, mas não foi a toa que ele foi amaldiçoado,ele ganhou a besta, para aprender a se controlar, e focar em seu interior.
Bella é uma vampira civil, e tem amizade com uma humana, chamada Mary, um dia Bella acaba encontrando Mary e John Matthew. John é um " homem" mudo e franzino, é quando Bella percebe que ele é um vampiro, e que em breve passará pela transição. Mary e John sequer' imaginam que vampiros existem, então Bella entra em conato com a Irmandade, marca um encontro , e Mary acaba indo acompanhar, para fazer a tradução. Ela fala a língua de sinais. É assim que Rhage conhece Mary, ele não está muito bem, pois se transformou na besta tem bem pouquinho tempo, mas ao ouvir a voz de Mary, vai atrás dela. Fica super hipnotizado com ela e tudo mais.

Queria lhe sugerir outra palavra para que a pronunciasse, algo como apetitoso, sussurro ou morango. Bom mesmo seria inconstitucionalissimamente.

No começo, Rhage é proibido de interagir com a humana, ele é conhecido como Hollywood, por causa de sua beleza e fama com as mulheres, o que ninguém sabe, é que ela usa as mulheres para poder controlar sua besta. Ele não consegue ficar longe de Mary e até apaga sua memória, mas percebe que ficar longe dela, é impossível. Mary é uma mulher forte e maravilhosa, sou apaixonada por ela , de verdade, a força dela é incrível, ela passou por tantas coisas e não se deixa abalar. Algo que Rhage e todos os vampiros percebem logo que a conhecem é que ela está muito doente, e nem por um segundo Rhage pensa em deixá-la, mesmo sabendo que irá sofrer. Mary já havia sido curada do câncer, mas a doença volta com força total, e ela vive um dia de cada vez, sempre disposta a ajudar o próximo. Quando ela conhece Rhage sua vida muda completamente, ela é uma mulher solitária e acaba ganhando não só uma família nova, mas descobre um mundo novo.
– Como você ainda me aguenta perto de você?
– A única coisa que não aguentaria é vê-la partir.
Rhage tem medo que a besta machuque Mary, mas eles acabam descobrindo que a besta, de "besta" não tem nada, ela também quer Mary!
Deus, não sabia como não havia entendido antes. Talvez só quisesse evitar a verdade. Estar com Mary era diferente porque… ele não era o único que queria fazer amor com ela. A besta a queria também. A besta queria sair para poder tomá-la.
Bom, temos muita ação, novas descobertas, e um amor muito , muuuuito lindo de se ler, Rhage é um macho maravilhoso e apaixonado, e Mary mesmo com receio, se deixa ser amada. Mas será que eles conseguem ficar juntos? O que a Virgem Escriba faz? Ela ajuda? Ela é uma cretina ? Hoje, no Globo repórter, não pera... Leia para saber! Leia e se apaixone também por essa série MARAVILHOSA!

Beijoooooooooooooooocas amores, até a próxima resenha!😘

2 comentários

  1. Acabei recebendo de presente o primeiro livro desta série tem pouco tempo e não vejo a hora de chegar nele na minha enorme filinha de livros atrasados.rs
    Mesmo sendo bem avessa a séries grandes, esta está na meta de leitura faz tempo. Por trazer esses "homões da porra".rs e suas histórias de amor, desilusões e afins.
    Lerei com certeza!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Yohanna!
    Ouvi falar muito bem dessa série, confesso que os personagens forma de imediato que mais me chamaram atenção, então, espero mto ter oportunidade de ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir