Páginas

Amante Liberto (Irmandade da Adaga Negra # 5) - J. R. Ward

15 de agosto de 2018

Título:  Amante Liberto
Autor: J. R. Ward
Páginas: 528
Ano: 2011
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico / Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros defensores de sua raça. Neste volume, o coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade...

Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de tê-la primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.
Resenha:
Oi amooores! Tudo bom com vocês ? Espero que sim! Vamos de V ? Sim ou com certezaaaa?!

No quinto volume de Irmandade da Adaga Negra, iremos embarcar na história de Vishous, que é um dos irmãos mais brilhantes, em vários sentidos.
Sempre fiquei curiosa com Vishous e ler a história dele foi simplesmente mágico. V. passou por poucas e boas em sua vida, sofreu muito quando ainda bem jovem nas mãos de seu pai, que era um temido guerreiro. Sofreu não só psicologicamente e fisicamente, apesar de ter crescido com o pai, nunca teve amor. No começo do livro, V. ainda está todo choroso, pois Butch esta com Marissa, e ele está apaixonado por Butch .
Entre um milhão de coisas que estão rolando, a Virgem Escriba, que eu tenho ódio profundo, aparece do nada, e diz que V. é o Primaz...m eu fiquei.. COMO ASSIM PRODUÇÃO ?  ESSA MULHER SAIU DE QUE BURACO ?
–Este é seu destino: formar o Primaz dos Escolhidos. A palavra Primaz caiu como uma bomba atômica. –Perdoe-me, Virgem Escriba…hã…–ele pigarreou e se lembrou de que, irritando a Vossa Santidade, poderia virar churrasco. –Não quero ofendê-la, mas não terei parceira…–Sim, terá. E se deitará com ela no ritual adequado, e ela carregará seus filhos. Assim como as outras o farão.
Pois é, assim, do nada, ela fala isso, fiquei chocada, e jamais consegui imaginar V. do outro lado, só fazendo filhinhas para virarem Escolhidas e meninos que virarão irmãos da Irmandade, sem lutar, sem ajudar a Irmandade, isso apenas é inconcebível. Mas como foi a Virgem Escriba que falou, ele não escolha a não ser ... seguir as ordens dela, mesmo que isso o esteja deixando louco. Então, V. acaba sendo ferido e é levado para um hospital humano, é quando conhecemos a Dra Jane. Uma mulher inteligente, perspicaz e muito talentosa.

Jane lutou com mais força, a ponto de seus olhos ficarem marejados.
– Calma – o louro sussurrou em seu ouvido. – Vamos deixá-la em paz já, já. Apenas relaxe.
É, tá bom então. Eles iam matar seu paciente…
O paciente respirou profundamente, por conta própria. De novo. E de novo. Então aqueles olhos diamantinos se voltaram para ela, que sorriu, como se ele tivesse motivado aquela reação.
Fez-se um momento de silêncio. E então, com a voz rouca, o homem cuja vida ela havia salvado disse três palavras que mudaram tudo… mudaram a vida dela e o seu destino:
– Ela. Vem. Comigo.

Logo que conhece a Dra Jane, V. fica doido por ela, e acaba a levando para a Irmandade, com a desculpa de que ela irá cuidar dele. Jane fica com medo e claro com receio ao se ver sequestrada pelo estranho que ela operou a pouco tempo e que definitivamente não deveria estar se recuperando tão rapidamente. Mas aos poucos, ela acaba caindo nos encantos de V.
Olha só, Príncipe Encantado, toda essa história de proteção é muito linda, mas só seria relevante se você não me tivesse sequestrado.
Claro que antes ela deixa o V. super frustrado, com o ego lá embaixo, o deixa louco antes e finalmente se entregar. V. tem uma linha dominante, e com Jane tudo se torna ainda melhor, ela o entende e quer estar ao lado dele. A história sobre seu passado me deixou muito emocionada, e temos uma BOMBA sobre o seu passado, e fiquei apenas IMPACTADA DEMAIS!
Porque o amor, em suas muitas formas, sempre durava. Era infinito. O eterno. O que sustentava. 

Bom, é um dos favoritos, quase todos são, principalmente esses primeiros, são livros que você simplesmente não consegue largar, cheios de ação, amor, compreensão e amizade! Apaixone-se também por esses machos de valor !

Beijoooooooooooooooooooooocas e volto logo logo com mais Irmandade!

4 comentários

  1. Não dá para negar que a vontade de me jogar em todos os livros da Irmandade só aumenta a cada nova resenha.
    Mas são tantos livros ;/ e eu só tenho o primeiro.rs
    Cada livro, a história parece ir ficando mais intrigante e repleta de emoções, namores e amores!
    Espero com certeza, ter a oportunidade de conferir todos!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Yohanna!
    Eu estou cada vez mais interessada nos livros, qro conhecer logo esses machos aí ué! kkkk
    Aah eu curti mto esse livro tbm, vou add nos desejados é claro!
    Volta logo com mais!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá! É tão bom quando a cada novo livro, a história e os personagens se tornam o favorito, nos deixando com aquela dúvida gostosa de ter que escolher um (nunca conseguimos). E essa bomba hein, já estou aqui em cólicas para descobrir o que é (risos).

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro muito quando um livro sempre trás situações novas e momentos bem incríveis e trazendo também historias dos personagens e seus passados..Esse tem uma premissa ótima e pretendo ler a serie com certeza.!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir