Pecado Sombrio (Os Cárpatos #3) - Christine Feehan

16 de maio de 2018

Título: Pecado Sombrio
Autor: Christine Feehan
Páginas: 408
Ano: 2013
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico / Fantasia / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse:
Alexandria Houton e seu irmãozinho órfão se deparam com um terrível mal em meio às brumas da agitada San Francisco, até que surge Aidan Savage, um ser dourado saído das sombras, mais sexy e misterioso que qualquer outra criatura da noite. É ele, um Cárpato macho e centenário, quem os arranca do destino medonho que os aguardava. Mas seria Aidan um milagre… ou um monstro? Alexandria se vê tomada por uma paixão avassaladora, capaz de desafiá-la a explorar um lado desconhecido, extremamente sensual – e perigoso. O que ele oferece parece seguro, sedutor e prazeroso... Se ela se render ao desejo selvagem de Aidan e lhe der a luz pela qual ele tanto anseia seria realmente possível que ele salvasse o seu irmão?
Resenha:


Eu pertenço a você. Ofereço-lhe a minha vida. Eu lhe darei minha proteção, minha fidelidade, meu coração, minha alma e meu corpo. E aceito as mesmas coisas vindas de você. Sua vida, sua felicidade e seu bem-estar serão colocados acima dos meus. Você é minha companheira, ligada a mim por toda a eternidade, e para sempre sob meus cuidados.

Ah esses Cárpatos, dominadores, cheios de si, extremamente apaixonados, carinhosos e muito cuidadosos, como não amar? Pois bem, hoje vim falar do terceiro livro, gente depois de iniciar a leitura desses livros é tipo ... impossível parar! Um cárpato mais maravilhoso que o outro ! ( suspirando horrores aqui 😍)
Alexandria Houton é humana, ela é uma artista, seus desenhos tem vários diferenciais, pois parecem "reais". Alex vê seu sonho de uma vida melhor se realizar, quando consegue uma entrevista de emprego com o famoso Thomas Ivan. Mas as coias acabam não saindo bem e além de perder uma pessoa muito querida, ela e seu irmãozinho estão em perigo. Ela dá de cara com um vampiro. Chegamos até aqui e vocês já sabem a diferença entre vampiros e Cárpatos.. certo ?

Eu sou um Cárpato – ele repetiu, pacientemente. – Sou uma criatura da terra. Nós existimos desde o início dos tempos. Somos do solo, do vento, da água e do céu. Nossos poderes são enormes, mas também temos limitações. Você não se tornou uma vampira, uma destruidora descontrolada. Você se tornou alguém como eu, como meu povo. Como eu lhe disse, são poucos os humanos que podem se tornar como nós. A maioria deles morre ou fica louca e precisa ser destruída. Estou lhe contando isso não para alarmá-la, mas para ajudá-la a entender que não quero lhe causar mal.

Pois bem, depois de passar por maus bocados com um vampiro super malvado, ela e seu irmão são salvos por Aidan. Que não é bobo nem nada, acaba descobrindo que Alex é sua companheira, e a transforma em Cárpato, é lógico que ela está morrendo de medo, não só por ela, mas também por seu pequeno e super fofo irmãozinho. Ela sempre cuidou dele e agora está diante de um futuro totalmente desconhecido. Alex é uma personagem que divide opiniões, pois ela é bem teimosa e por vezes eu fiquei : PELAMORDIDEUS CALA A BOCA.

Mas é evidente que a compreendi, o primeiro contato que ela teve com seres sobrenaturais que ela sequer poderia imaginar que existiam, foi bem traumático. Isso não de dá o direito de ser extremamente irritante, mas Aidan é sempre compreensivo e paciente com ela.

Ele segurou a cabeça de Alexandria com a mão livre, puxando-a na direção de seu peito.
Alimente-se, cara mia. Alimente-se demorada e profundamente. Você é minha outra metade, a metade que me traz luz. Seja parte de mim por toda a eternidade.

Um personagem que me irritou profundamente foi o tal Thomas, que ficava aparecendo sem ser convidado, ele nem se importava de verdade com a Alex, só a achava super bonita e a queria como troféu. Aidan tem uma família humana, que ele cuida e protege, adorei todo o cuidado e respeito dele com esses humanos que o ajudam e muito com o irmão de Alex. Gregori, o curador mais fodão de todos aparece ( e deixa mais expectativas para o livro dele) mostrando o quão forte é e como se preocupa com a raça.

Gregori era a natureza em seu estado mais letal.

Adorei a história de Aidan e Alex, cheia de altos e baixos, mas cheia de amor, paciência e compreensão. Mais um livro da série que conquistou meu coração !

– Como eu posso ser tão louca por você e, ao mesmo tempo, ter tanto medo?
– Você está apaixonada por mim – ele falou em voz baixa.

Não deixem de ler. Super Recomendo.

3 comentários

  1. Tenho acompanhado as resenhas destes livros e ficado cada vez mais encantada com todo o cenário mostrado.
    Os cárpatos e seus romances, sua fidelidade e sua maneira única de se relacionarem com tamanha dedicação.
    E gosto também quando há um elenco inteiro dentro da história, não apenas os personagens principais, mas sim o conjunto inteiro mostrando que todos são importantes.
    Espero poder conferir.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá Yohanna!
    Que capa linda, eu amei!
    Já ouvi flar da série mas ainda não li, acompanho resenhas apenas, já estão add aos desejados, o enredo parece ser bom, fiquei curiosa pra conhecer, ainda mais pq curto o gênero.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Yohanna!
    Mocinha teimosa e cabeça dura eu detesto, não tenho paciência pra aguentar, mas pelos seus comentários o Aidan compensa, né?! Amo protagonista masculino protetor, compreensivo e paciente e não vejo a hora de conhecer mais dele!
    Não li nenhum livro da série Os Cárpatos, mas amei essa sua dica e já adicionei Pecado Sombrio na minha lista de leitura e vou agora mesmo pesquisar sobre os outros dois primeiro livros da série.
    Abraços, valeu pela dica!

    ResponderExcluir