Páginas

Uma Noite- Daya Engler

16 de janeiro de 2018

Título: Uma Noite
Autor: Daya Engler
Páginas: 295
Ano: 2018
Editora: Independente
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse:
Gostosuras ou Travessuras?
Lana Bianchi escolheu travessuras.
Uma Noite. Um cara quente. Sexo gostoso. Orgasmos.
Afinal, o que podia dar errado?
Nada. Exceto um teste de gravidez marcando duas barrinhas.


Resenha:

Não é errado. Também não é como se eu estivesse colocando um anel no dedo dele ou fazendo disso um compromisso. Amanhã, Thalles será passado.
Que consequências poderia ter, afinal, além de um delicioso orgasmo?


Pois muuuuuuuuuito bem, vamos de nacional ? Sim ou com certeza? Em primeiro lugar, eu simplesmente adoro ler livros nacionais, fico orgulhosa de ver nossa literatura crescendo. Conheci uma obra da autora por mero acaso, vasculhando a Amazon em busca de algo para ler. Acabei me deparando com Indômitos e fiquei completamente apaixonada. Desde então acompanho a autora, que sempre interage com seus leitores, de uma maneira muito divertida e singular à sua maneira. Esse conto começou a ser postado no Wattpad e eu acabei não acompanhando, esse app me deixa ansiosa porque as histórias estão em andamento e eu acabo ficando super frustada, então não leio nada por lá.
A cada quote que eu via no Facebook, mais eu sabia que seria mais uma obra da Daya que eu gostaria muito. Vamos logo para a resenha né?

Lana é uma mulher muito doce ( apesar de sempre tentar esconder isso), bonita, sexy e inteligente. Totalmente dona de sua vida, e uma maravilhosa e famosa escritora. Não que seus leitores saibam quem ela é de fato. Ela não almeja a fama. Aprecia sua privacidade e ama sua vida assim, certinha e planejada da maneira que ela sempre quis.
Thalles é um ator super famoso e desejado. Um pegador de primeira categoria, lindo sexy e doce( muito fofo também). Apesar de Thaller ser TDB, Lana não quer a bagagem que vem junto no pacote. Mas nada a impede de ter uma noite maravilhosa com ele né ? Bundinha de ouro ( como carinhosamente ela o chama) a deixa em chamas e eles acabam fazendo um sexo quente e gostoso. Lana vai embora no dia seguinte e foge das investidas de Thalles que quer muito mais que uma noite.
Ao descobrir a gravidez, Lana fica muito assustada e não sabe bem o que fazer. Contar ou não contar ao pai do bebê? O que seus pais irão dizer? O que ... são algumas de suas perguntas, e claro ela fica com medo. Ela caba contado tudo para Thalles, que já deseja assumir o bebê tudo mais. Mas Lana está reticente em contar para sua família e amigos que está grávida de um cara super famoso.

Thalles me corta enquanto veste a camiseta.
— Alguns dias, Lana. Isso é tudo que você tem para contar que eu sou o pai ou eu conto. Pode não querer me assumir como homem, mas vai me assumir como a porra do pai desse bebê.

Gracinha demais né ? Bom, a partir daí, esse casal entra em um embate, soltando faíscas sempre que podem. Entre tapas e beijos, literalmente. Como Lana irá levar a situação? Como Thalles vai embarcar numa relação em que sempre é rejeitado ? Você só saberá lendo! Não vou contar mais nenhum spoiler, ou claro, vai perder toda a magia.

Quero que entenda que, antes de sermos homens e mulheres, somos seres humanos suscetíveis aos erros e acertos. Perfeitos em nossa imperfeição.
A PRIMEIRA VEZ não tem que ser um show de horrores.
O PRECONCEITO deve ser debatido para que a mágica aconteça, uma vez que sua raiz é a ignorância do não saber e da falta de compreensão.
MATERNIDADE não torna nenhuma mulher imortal e perfeita.
Lembre-se, sua experiência é pessoal e se limita apenas a você.
Abra a mente, se explore, se questione!
Se permita mudar.
Se permita ser melhor por você e para você.
*NOTA DA AUTORA*

Uma das coisas que eu mais amo nas obras da Daya é que : os personagens amadurecem durante a trama, aprendendo com seus erros, cometendo mais alguns, porém sempre é possível tirar algo que se leva pra vida. Esse conto me divertiu e me deixou suspirando por diversos motivos. Desde o começo tudo é sexy e engraçado. Com situações bem leves e descontraídas. Uma leitura rápida e fluída que vai deixar os leitores com um belo sorriso no rosto e aquele gostinho de quero mais.

Leitura mais que recomendada!

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos :*

11 comentários

  1. Nossa Senhora, dona Yohanna!
    Morta estou... de alívio, de felicidade e de amor com essa resenha <3
    Fico muito feliz que UMA NOITE tenha te conquistado.
    Muito obrigada!

    Bjão,
    Daya Engler

    ResponderExcluir
  2. Morri com essa sinopse hahaha achei ótima a sua resenha e definitivamente acho que não lerei um livro assim, mas achei a capa tão amável e linda! Além disso, gostei muito de saber a sua opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu amo livros assim,talvez não devesse,mas amo livros em que a mulher se descobre grávida e não faz ideia de como lidar com o pai da criança,com a própria família e tudo que vende bagagem.
    Talvez seja pq normalmente há um que comédia nessas histórias ou pq sou apaixonada pelo tema mesmo kkk não importa eu adoro!!!

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz que tenha curtido tanto. Eu não conhecia a autora nem nenhuma das obras citadas. Não curto ler contos, então não faria a leitura por mais gracinha e divertida que possa ser, mas desejo sucesso a autora!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Ola, eu não sou fã de contos mais estou muito interessada nesse eu não conheco a autora mais vou atras para saber mais informãções

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Ainda não conhecia a autora, mas gostei quando disse que os personagens amadurecem durante a história, aprendendo com os erros. Dica anotada para poder conferir futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Já super quero ler esse livro!
    Fiquei mega curiosa com o desenrolar da trama!
    Não conhecia a autora mas super quero descobrir fim desse casal e seu baby!! <3
    Adorei a resenha!!!!
    Beijinhos!!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Oi tudo bem?
    Não conhecia a obra e nem a autora, entretanto, o enredo me parece um pouco com alguns outros livros que eu já li, mesmo assim, parece aquele tipo de romance clichê extremamente fofo e que prende o leitor do começo ao fim, fiquei com vontade de ler rsrsrs
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Yohanna!
    História de romance clássica. Um clichê bem gostoso pelo que vejo.
    Tadinha na Lana! Não queria estar na pele dela. E o Thalles? Quando quer ter algo sério, a garota não acredita. :/
    Beijão!
    https://www.instagram.com/juntodoslivros/
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Olha, adorei a sinopse de cara, achei esse final engraçado. Mas, se não fosse a sua resenha, acredito que não iria querer ler. Porém, me deixou bem curiosa e já vi que tem disponível no Unlimited. Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  11. Oii Hanna, tudo bem?
    Adoro um livrinho nacional, ainda mais se for de romance. Nada como um bom romance com uma trama bem elaborada, personagens cativantes, que não são 100% perfeitos, mas que evoluem ao longo da trama, né?
    Acho que vou amar esse livro, sua resenha está maravilhosa.
    Bjs Mary

    ResponderExcluir