Uma Semana Para Se Perder (Spindle Cove # 2) - Tessa Dare

5 de setembro de 2018

Título: Uma Semana Para Se Perder - Spindle Cove, 2
Autor: Tessa Dare
Páginas: 288
Ano: 2015
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: O que pode acontecer quando um canalha decide acompanhar uma mulher inteligente em uma viagem? A bela e inteligente geóloga Minerva Highwood, uma das solteiras convictas de Spindle Cove, precisa ir à Escócia para apresentar uma grande descoberta em um importante simpósio. Mas para que isso aconteça, ela precisará encontrar alguém que a leve. Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne, um libertino de primeira, quer estar em qualquer lugar menos em Spindle Cove. Minerva decide, então, que ele é a pessoa ideal para embarcar com ela em sua aventura. Mas como uma mulher solteira poderia viajar acompanhada por um homem sem reputação? Esses parceiros improváveis têm uma semana para convencer suas famílias de que estão apaixonados, forjar uma fuga, correr de bandidos armados, sobreviver aos seus piores pesadelos e viajar 400 milhas sem se matar. Tudo isso dividindo uma pequena carruagem de dia e compartilhando uma cama menor ainda à noite. Mas durante essa conturbada convivência, Colin revela um caráter muito mais profundo que seu exterior jovial, e Minerva prova que a concha em que vive esconde uma bela e brilhante alma. Talvez uma semana seja tempo suficiente para encontrarem um mundo de problemas. Ou, quem sabe, um amor eterno.


Resenha:


"Quando uma garota se arrasta penosamente, debaixo de chuva, no meio da noite, para bater na porta da casa do diabo, este deveria no mínimo ter a decência - se não a indecência - de atender."

Este é o Segundo livro da Série Spindle Cove da autora Tessa Dare. Vamos acompanhar as desventuras do casal mais improvável que eu li em muito tempo: Minerva e Payne.

Minerva vive com a cara nos livros e simplesmente ama geologia. Ela precisa ir a um simpósio de geologia, oferece o valor do prêmio para Lorde Payne em troca de que além de levá-la ao simpósio, ele desista de cortejar sua irmã. Algo que ele nunca fez, mas sua mãe tem como certo!

"Ultimamente, parecia que somente um lugar, e não uma pessoa, conseguia entender Minerva: Spidle Cove, aquele refúgio litorâneo para jovens de boa família e, bem, personalidade interessante. Fossem doentes, eruditas ou escandalosas, as moças daquele lugar eram desajustadas de um modo ou de outro."

Minerva acha que fará com que toda a vila acredite que eles fugiram porque estavam apaixonados. Só que era visível à todos a antipatia mútua entre eles.

Acontece que Colin não quer se casar, nem com sua irmã nem com ninguém. Ele gosta da vida que leva, está feliz com ela assim e apesar de pesadelos fazerem com que ele nunca queira dormir sozinho, ele prefere uma mulher diferente à cada noite do que uma esposa.

"Ela confiava naquele homem. Ele era um notório mentiroso e libertino sem-vergonha, mas ela confiava nele."

Minerva consegue convencê-lo à levá-la ao simpósio, e eles embarcam em uma aventura muito divertida. Cheia de perigos, mentiras e desejo. Estou para ver um casal mais atrapalhado e mais inusitado do que esses dois. Tudo que tem que dar errado, de fato, dá!

Apesar de os dois não "se bicarem" aos poucos vão criando laços, vão se conhecendo melhor e percebendo que sim, eles são muito diferentes, e de mundos completamente opostos, o que não irá impedi-los de se apaixonar, linda e profundamente.

""Estou aqui para apresentar minhas descobertas no simpósio. Sou um membro estimado da Sociedade, com um registro impressionante de contribuições, e tenho algo de valor para contribuir. Acontece que sou mulher e que entendo bastante de rochas. Eu sugiro que o senhor tenha colhões para aceitar o fato."
Ao lado dela, Colin sufocou uma risada.
"Muito bem, querida. Bravo.""

Diferente do primeiro livro, esse não se passa totalmente em Spindle Cove, a vila só serviu para o ponto de partida. A aventura deles é para chegar à Escócia...

Durante a semana que passam juntos um amor começa a crescer, embalado pela curiosidade de Minerva e as histórias que Colin inventa em cada vila que eles passam.

É uma leitura maravilhosa, e apesar de ter mais cenas picantes do que eu gosto que tenha, é uma leitura agradável e fluída, com diálogos divertidos e apaixontes!

5 comentários

  1. Sou maluca por enredos assim, onde o casal mais improvável do mundo se descobrem, apaixonando-se(negando até a morte)
    Sei lá, o amor é meio assim, chega incerto, acontece sem percebermos e parece que a autora acertou em cheio a mão do enredo.
    Com certeza, vai para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise!
    Ainda vou ter o prazer de ler os livros da Tessa viu...
    Os enredos parecem ser um mais lindo que o outro, isso que deixa o leitor fã do gênero doido pra ler...
    Adorei a resenha e espero ler em breve essa série.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Alem da resenha maravilhosa ainda tem esse quotes para me deixar ainda mais ansiosa para ler.
    Já achei interessante a parte do casal atrapalhado e dialogos divetidos que citou, esse com certeza entrou para a minha lista de desejados assim como toda a serie Spindle Cove

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ai ai não tem como eu não me identificar com a Minerva, adorei essa leitura e esse é uns dos meus queridinhos da série. Nunca a metáfora “Os opostos se atraem” foi tão verdadeira. E foi maravilhoso acompanhar o amor surgindo entre esses dois, fiquei até emocionada em algumas partes.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    O livro tem uma premissa ótima, um romance que adoro bastante. Eu já vi livros dessa autora e quero ler os livros dela.. Ainda mais eu que amo romance de época!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir