O Duque e Eu - Julia Quinn

8 de junho de 2018

Título: O Duque e Eu - Os Bridgertons, 1
Autor: Julia Quinn
Páginas: 288
Ano: 2013
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


Resenha: Se tinha um estilo que eu não gostava sem nunca ter lido, era Romance de Época! Eu resolvi que não gostava e não lia, de jeito nenhum. Até que um dia eu resolvi começar e foi por esse livro, que me apresentou a família Bridgerton, os romances de épocas e eu finalmente me vi apaixonada pelo estilo!

E O Duque e Eu foi meu primeiro contato com esse tipo de literatura, creio que a uns dois anos atrás. Ahhhh, pois é....hoje eu sei que comecei em grande estilo, porque já li várias autoras e Julia Quinn ainda é a minha favorita!

Eu não imaginava que as aventuras de cada membro da família estaria em um volume diferente e eu devo confessar que adorei isso! Foi a primeira série que li assim e achei muito legal.

A obra gira em torno de Daphne Bridgerton e Simon Basset, o Duque de Hastings, que é amigo do irmão mais velho de Daphne e há de se imaginar que ele apoiaria essa união não é? Mas não! E isso nos custará muitas risadas!
"...além disso, estava ficando entediado com a vida louca de Londres. Reputação de libertino a parte, Simon não tinha realmente o temperamento de um devasso."
Daphne está na idade de casar, porém nenhum pretendente a agrada. Ela é teimosa e torrona e simplesmente não quer casar, o que leva sua mãe à loucura! Simon foge das pretendentes e está convicto que não casará jamais, não formará família e não levará adiante o legado de seu pai, seu nome ou Ducado. Então os dois têm a brilhante ideia de fingir um relacionamento a fim de afastar as pretendentes dele e atrair os dela, já que todos vão querer a noiva que o Duque escolheu.
"E, finalmente, ela meio que...de certa forma...apenas um pouquinho...queria mesmo dançar com o duque."
Claro que tal ideia está fadada ao fracasso não é? Ou ao Sucesso, dependendo do ponto de vista, já que eles querem manter e cultivar uma amizade. Porém, esse convívio poderá ocasionar algo muito maior do que uma amizade, e o que era para ser a certeza de um plano brilhante acabará virando contra os dois, não sem que Anthony, o irmão mais velho briguento avise antes....

Obviamente que, se tratando de um romance de época, os encontros são controlados, nem uma pisadinha fora da linha é permitida e logo, o irmão de Daphne acaba perdendo a paciência e os obrigando a casar, já que o nome e a reputação da menina estão em jogo!
"Nesse momento, Daphne entendeu que seria uma tola se não se apaixonasse por ele. É claro que seria bom se fosse recíproco."
Por fim, eles casam. E é aí que os problemas começam... Simon diz que não pode ter filhos e ela aceita essa condição, fazer o que né...mesmo que sonhe com uma casa cheia de filhos desde a infância. O que ela não sabe é que tem muito mais por trás disso, pois é eu não disse que os problemas iam começar???

Entre idas e vindas, entre a indecisão de Simon, e os sonhos de Daphne, entre o amor do casal e a necessidade de vingança de Simon de um pai a muito morto....O que vencerá? Será o amor capaz de vencer as barreiras a muito impostas por uma criação arbitrária?
"- Eu só não sei se agradeço ou esgano você.
- Me esganar? Ué, mas por quê? - Ela riu de novo, uma risada profunda que Simon sentiu no âmago do seu ser."
Então eu  preciso dizer o que achei? Virei fã dos romances de época! Já li muitos desde o dia que li esse aqui pela primeira vez...ah é, esqueci de contar esse detalhe, estou relendo todos os livros da série e super indico para quem gosta de romances, aventuras românticas, uma pitada de humor e cenas só um pouquinho mais apimentadas!!!! Valeu a pena cada página!!!

7 comentários

  1. Ao contrário de você, eu sempre amei os romances de época, apesar deles andarem sumidos por um bom tempo e só agora retornarem em grande estilo!
    Julia é maravilhosa e adoro esse jeito peculiar dela de sempre trazer além de uma personagem forte e a frente do seu tempo, também a coloca sempre com uma pegada de bom humor que acredito que enriqueça ainda mais o enredo!
    É óbvio que este plano não daria certo.rs Afinal, há como mandar em sentimentos?
    Nunca!
    Então com certeza, espero ler este livro,já que não me recordo de ter lido ele não!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Denise!
    Sempre fui fã dos romances de época e a Julia Quinn escreve com maestria.
    Acabei de ler esse livro e confesso que ri muito, além de aproveitar cada detalhe de toda história, a evolução do amor entre eles e a aceitação final de Simon, foi excepcional.
    Um final de semana cheio de luz e paz!
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Amei sua resenha. Me deixou muito curiosa em relação a esse livro. Apesar do gênero não estar presente nas minhas leituras seria que esse um bom livro para começar e pegar gosto pelo gênero?

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise,
    Eu tbm tinha um pouco de implicância com romances de época sem ao menos ler (eu tinha a ideia de que as mocinhas das estórias sempre se faziam de vitima e esperavam pelo mocinho salvar elas, mas descobri que estava totalmente enganada)
    Comecei a ler esse gênero recentemente e tbm foi com um livro da Julia Quinn, no meu caso foi com a duologia Agentes da Coroa (que eu gostei muito) e já quero ler todos os livros da autora.
    Planejo ler essa série, mas quero primeiro ter todos os livros pra fazer maratona (mas vou ter que esperar um pouco pois tenho somente os três primeiros). Espero conseguir os outros livros em breve e começar a leitura.

    ResponderExcluir
  5. Chego suspirando porque amo demais romance de época e Julia Quim então. Quero ler todos da série, nada como um bom romance para esquecer esses tempos atuais que vivemos.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Que fofa...Eu também não tinha contato com romance de época, mas eu dei uma iniciada no livro Orgulho & Preconceito de JAne Austen, meus deus, eu amei..Agora meu próximo passo é ler Julia Quinn.. Já li tantas resenhas dos livros dela, que estou muito curiosa para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Deise eu ainda não conheço a escrita da autora mas pelo que acompanho é linda e conquistou mtos leitores, espero um dia ter chances de conhecer.
    bjs!

    ResponderExcluir