Do Outro Lado do Oceano - Laís Rodrigues

28 de maio de 2018

Título: Do Outro Lado do Oceano
Autor: Laís Rodrigues
Ano: 2018
Editora: Pedrazul
Gênero: Romance, Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Editora Pedrazul
Nota: 
Sinopse: Intermediando passado e presente, duas grandes histórias de amor. Lady Catherine foi criada para ser submissa, recatada e para se casar com um rico aristocrata. Porém, a despeito de seu contínuo esforço e da educação rígida de sua preceptora, ela não consegue se comportar como uma perfeita dama. Para piorar, acha todos os cavalheiros enfadonhos, até conhecer um belo e sedutor estrangeiro. Quando uma tragédia choca a pequena cidade de Backhan, Lady Catherine vê-se em uma encruzilhada: deve buscar a verdade, mesmo que isso a faça perder as pessoas que ama?
No presente, Cathy Murray é uma garota tímida e sonhadora de uma cidade pacata da Califórnia que escreve e publica contos usando um pseudônimo. Quando seu talento secreto é descoberto por uma das maiores editoras da Europa, ela tem a oportunidade de mudar-se para a Inglaterra, onde conhece um fascinante estrangeiro, Apesar de sua desconfiança em relação ao sexo oposto, Cathy encontra-se cada vez mais envolvida por um homem que mal conhece, e cuja família é rodeada por segredos e mistérios.
Resenha: Tem aqueles livros que queremos muito ler e tem aqueles livros que precisamos muito ler, este é o caso desse livro. A partir do momento que vi a capa, sem ao menos ler a sinopse, já havia decidido que eu precisava ler, e logo! E foi o que eu fiz...e olha.... como valeu a pena viu! Que leitura deliciosa!

O livro traz duas história distintas, mas que vão se entrelaçar entre si de uma maneira que superou qualquer expectativa que eu já tinha colocado na leitura. Temos um romance nascendo bem aqui, nos dias de hoje e outro nascendo lá na Londres de 1815. Vou tentar explicar, só um pouquinho, para não estragar a sua leitura.

"Querida, é difícil acreditar nisso, porque somos programadas a acreditar em príncipes encantados, mas sua felicidade independe de ter um homem ao seu lado. Não existem contos de fada."

Na atualidade, Cathy Murray vive com seus pais, escreve alguns contos se  nenhuma pretensão de publicá-los profissionalmente e tem um blog onde os publica de forma anônima. É uma garota tímida e não tem muitas ambições acerca do futuro. Seus pais haviam guardado dinheiro suficiente para a faculdade dela e do irmão, porém uma doença na família os fez gastar grande parte do que tinham e acabou que só o irmão da garota pôde estudar. Cathy ficou com seus pais, continuou com seu blog, até que uma importante editora Londrina se interessou pelos seus escritos e foi conhecer a menina, que acabou indo viver em Londres por um ano a fim de escrever alguns contos e com sorte, um romance.

"Cathy simplesmente não conseguia explicar o sentimento por trás da sensação de escrever. Simplesmente fazia parte dela, algo de que precisava tanto quanto respirar. Teclava em seu notebook como um músico tocaria em seu precioso piano."

Achando que ia apenas ter uma estadia em um país "Do Outro lado do Oceano", começou a fazer amizades e foi aí que ela conheceu Henrique, um brasileiro gato que a encanta e se encanta por ela, de imediato, eles se dão bem e uma amizade começa a nascer. Juntos eles vivem algumas aventuras bem interessantes. Henrique é filho de um Senador Brasileiro, que ao que tudo indica, é bem inescrupuloso, arrogante e com alguns mistérios em sua volta. Coisa que intriga a doce ruiva americana e ela não vai sossegar até descobrir se o cara é realmente o que parece ou ela está apenas implicando.

Durante o tempo que vive as aventuras e as decepções amorosas com Henrique, Cathy começa a escrever seu romance de época, coisa que ela faz sem deixar que ninguém leia, a escritora se inspirou nos amigos recém feitos em Londres para criar os personagens e...nela mesma, para criar a mocinha, alguém consegue imaginar então quem é o mocinho?

"Lady Catherine Morland havia sido criada para ser doce, recatada e submissa às vontades de seu pai, como uma verdadeira dama deveria ser. Entretanto, seu coração parecia não conseguir obedecer aos ensinamentos que a sociedade lhe impunha."

Lady Catherine foi criada para ser uma boa esposa, submissa e recatada como tinha que ser uma mulher decente naquela época, lá em 1815. Deveria acatar as ordens do pai, casar com quem ele havia escolhido e ponto, era simples assim, porém, mesmo antes de conhecer o seu futuro amor, já não aceitava abaixar a cabeça para os desmandos de homem nenhum. Então ela conheceu Henrique, um estrangeiro encantador e irritante que a conquista e a irrita na mesma medida. Henrique não é um nobre, como o pai dela queria, é cunhado de uma amiga de Lady Catherine e ele resolveu se apaixonar pela garota mesmo assim, e agora ele vai ter que investir nos seus sentimentos se quiser conquistar essa indomada ruiva londrina....

"Cathy?
Seu apelido soava como mel na boca dele. Ainda assim, ela não deveria permitir que a chamasse assim. Ele deveria tratá-la como Lady Catherine."
  Vou parando por aqui, mas antes preciso dizer que, enquanto Cathy vivia em seu mundo no presente, ela escrevia as aventuras da Lady Catherine do passado. As histórias se mesclam e ao mesmo tempo não se misturam. A autora soube dar o tom exato entre uma narrativa e outra, sem misturar ou confundir, ficou perfeito. No início do capítulo, que marca a transição de uma época e outra sempre tem uma citação de Jane Austen, o que torna a leitura ainda mais perfeita!

Li em ebook e a formatação e a edição estão perfeitas, sem erros ortográficos. É uma leitura que eu recomendo de olhos fechados, linda, apaixonante e com uma escrita perfeita!

6 comentários

  1. Li uma resenha deste livro estes dias em outro blog que acompanho e fiquei fascinada com o enredo que a autora apresentou.
    Fazer essa mescla de passado e presente. Sei lá, escrevendo o presente e desenhando o passado, é maravilhoso!
    Afinal, são duas épocas totalmente diferentes, onde até os valores são outros.
    Espero ler em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Um livro com dois romances, um contemporâneo e um de época?! Quero ler esse livro pra ontem!... Mas confesso que fiquei mais interessada no romance de época que a Cathy escreve durante o livro, fiquei curiosa para conhecer mais sobre a história de Lady Catherine... Enfim, amei a dica e já adicionei o livro na minha lista de leitura.
    Ps: conheço a escrita da autora, li Primeiras Impressões, um livro inspirado em Orgulho e Preconceito e amei, Laís Rodrigues escreve de uma forma que você não consegui parar de ler! Se você ainda não leu recomendo.

    ResponderExcluir
  3. Denise eu estou mto interessada nesse livro, li algumas resenhas sobre ele que me deixaram ainda mais com este gostinho de qro mais, amei essa capa, o enredo me parece que agradou mtos leitores, já está nos desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Um romance de época e um romance atual tudo no mesmo livro, essa fio a melhor ideia do mundo parabéns a autora porque não deve ser nada fácil conseguir isso. To realmente muito curiosa pra saber como as histórias dessas duas vão se cruzar. Ja da pra perceber algumas semelhanças lendo a resenha mas só lendo o livro mesmo pra descobrir. Ta na minha lista

    ResponderExcluir
  5. Nossa que lindo!
    Não conhecia a obra e me interessei de cara, a capa é linda e isso de ter meio que duas histórias em uma achei muito bem pensado e diferente.
    Amei a resenha e o livro já foi pra minha lista de desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise,
    Tbm gostei da capa desse livro. Fiquei com vontade de ler sem nem saber do que se trata ou de que gênero é.
    Depois de ler sua resenha fiquei ainda mais curiosa pra ler esse livro.
    Achei legal a ideia da autora de criar uma personagem escritora de romances de épocas.
    Espero consegui ler esse livro em breve pra saber o que acontece na estória criada pela personagem e na dela própria.

    ResponderExcluir